Solidão Por Júlia Aquino

by - março 16, 2020


(Texto en español a continuación)


Acho que minha amiga se chama solidão.

Às vezes eu me sinto sozinha... Não que eu não goste ou que eu realmente esteja sozinha o tempo inteiro. Mas sim porque às vezes é ela, a solidão, que mora dentro de mim.

Eu sou mulher, eu sou preta, eu sou lésbica (pra falar a verdade eu sou sapatão!) e eu sou cadeirante... Todas essas características fazem de mim quem eu sou sempre, mas principalmente hoje, agora. São muitos os fardos e eu não me queixo de nenhum deles, não mesmo! Mas é que sabe, a solidão vive comigo. A solidão mora comigo, dança comigo, conversa comigo e por mais que eu tente esconder, ela sempre dá um jeito de aparecer. Falar de solidão pode ser algo forte pra algumas pessoas, outras acham bonito e algumas simplesmente não querem passar por isso nunca. Mas acontece que você já parou para pensar no que é a solidão e o que ela representa? Já pensou na sua solidão? Acredito eu que muitas pessoas já tenham se sentido em momentos de solidão ou ainda vão passar, ou não né... Não sei! Mas acontece que cada ser a sente de uma forma, assim como todos os outros sentimentos.

Enfim, voltando para solidão... Não é como se ela fosse algo ruim e nem bom. Ela só é. E se ela é, a gente precisa sentir... Aprendi que a gente não precisa ter medo dela e nem ter vergonha. Em alguns momentos, é a solidão, a minha solidão de mulher preta sapatão e cadeirante que me ensina, que me ajuda e conduz em alguns momentos da vida.

A gente precisa aprender a olhar a nossa solidão, seja qual for ela, de outra forma... Quando a gente aprende a olhar com outros olhos, é quando ela te mostra que você pode ser alguém com ela ao lado às vezes. E que mal isso tem? Nenhum! Você não deixará de ser quem é, nem perderá amigos, nem ficar sozinha (o) por conhecer e ser amiga da sua solidão... É apenas uma parceria.

Com o autoconhecimento a gente consegue criar coragem para andar junto da nossa solidão. O autoconhecimento é quando a gente começa olhar pra dentro e se enxergar, se orientar, saber quem somos e nossos limites. No autoconhecimento, a gente conhece a solidão, a solitude, porque ela mora na gente. E ela pode ser nossa amiga!



(Traducción en español)
Creo que mi amiga se llama soledad.
A veces me siento sola… No es que no me guste o que realmente esté sola todo el tiempo. Pero sí porque a veces es ella, la soledad, que vive dentro de mí.
Soy mujer, soy negra, soy lesbiana (a decir verdad soy torta!) y soy usuaria de silla de ruedas… Todas estas características me hacen ser quien soy siempre, pero principalmente hoy, ahora. Son muchos los fardos y no me quejo de ninguno, para nada! Pero sabés? La soledad vive conmigo. La soledad habita conmigo, baila conmigo, conversa conmigo y por más que la intente esconder, siempre logra aparecer. Hablar de soledad puede ser algo fuerte para algunas personas, a otras les parece lindo y algunas no quieren pasar por eso nunca. Pero ya te pusiste a pensar en lo que es la soledad y lo que representa? Ya pensaste en tu soledad? Creo que muchas personas se han sentido en momentos de soledad o se van a sentir, o no… No sé! Pero sucede que cada ser la siente de una forma, así como todos los otros sentimientos.
En fin, volviendo a la soledad… No es como si fuera algo malo o bueno. Solo es. Y si ella es, alguien la tiene que sentir… Aprendí que no necesitamos tener miedo de ella ni tener vergüenza. En algunos momentos, es la soledad, mi soledad de mujer negra torta y usuaria de silla de ruedas que me enseña, que me ayuda y conduce en algunos momentos de mi vida.
Necesitamos aprender a mirar nuestra soledad, sea la que sea, de otra forma… Cuando se aprende a mirar con otros ojos te muestra que podés ser alguien con ella a tu lado a veces. Y qué hay de malo en eso? Nada! No vas a dejar de ser quien sos, no vas a perder amigos, ni quedarte sola (o) por conocer y ser amiga de la soledad… Es solo una compañía.

Con el autoconocimiento se logra juntar coraje para andar con nuestra soledad. El autoconocimiento es cuando la gente comienza a mirar para adentro y reconocerse, orientarse, saber quienes somos y nuestros límites. En el autoconocimiento se conoce a la soledad porque vive en nosotros. Y puede ser nuestra amiga!

You May Also Like

0 comentários